O guardador de rebanhos

“O guardador de rebanhos.
 
Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.
Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.
 
Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei a verdade e sou feliz. “


Alberto Caeiro
Montezinho, Portugal
Categories Portugal, Trás-os-MontesTags , ,

2 thoughts on “O guardador de rebanhos

  1. Vitor Terencio Agostinho March 4, 2019 — 10:29 am

    Linda a homenagem a estes guardadores de rebanhos, o génio de Fernando Pessoa e a fidelidade do cão.

    Liked by 1 person

  2. I located your site from Google as well as
    I need to claim it was a wonderful locate. Thanks!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close